Notícias

05 de novembro de 2020

Pais e alunos da Educação Infantil e 1º ano fazem homenagem aos educadores e a toda a equipe do colégio.

Neste período de pandemia e com as aulas remotas, professores estão se reinventando, vencendo os desafios apresentados pelo ensino a distância e dando continuidade ao trabalho de qualidade iniciado de maneira presencial.  

Nós, do colégio Santo Agostinho, sabemos o quanto é importante a parceria entre a escola e a família. Nesse contexto, essa relação, pautada no diálogo e na confiança, se fez mais do que necessária para que o trabalho desse certo.

Toda a nossa equipe do colégio vem recebendo, ao longo deste período e especialmente na semana de comemoração do Dia do Professor, várias manifestações de carinho de toda a comunidade escolar.

É com muita satisfação que agradecemos a todas as famílias! 

Assista ao vídeo a seguir e confira os depoimentos da Cristiane Dias e da Fabiana Alvares, mães de alunos da Educação Infantil e do 1º ano, dedicados aos nossos professores e Colégio!

Relato da Cristiane Dias, mãe das alunas Marina (2ºperíodo) e Cecília (2º ano)
Frente aos desafios da pandemia, a escola e os pais se reinventaram. O isolamento social modificou a rotina de todos e também as relações entre professores, estudantes e familiares. A situação emergencial nos fez abraçar a tecnologia e encurtou a distância entre a escola e nossas casas. As aulas on-line convidaram familiares e escola para uma troca fundamental e fortaleceu definitivamente essa parceria. Ao longo dos grandes desafios dos últimos meses, assim como os pais, os professores foram se adaptando...

Vimos o crescimento da equipe pedagógica a cada ajuste que se fazia necessário. Acompanhamos o empenho, a persistência e a resiliência para que o conhecimento atravessasse a tela. Contar com uma equipe de professores tão dedicada reforçou a nossa tranquilidade por termos escolhido o Colégio Santo Agostinho.

Relato da Fabiana Alvares, mãe dos alunos Henrique (1º período) e João Pedro (1º ano)

Somos pais de alunos da Educação Infantil e do 1º ano do Colégio Santo Agostinho – Unidade Gutierrez. No início da pandemia, quando as escolas foram fechadas, acreditávamos que este momento não perduraria por muito tempo e que seríamos capazes de ficar sem as aulas presenciais, antecipando apenas férias escolares e feriados.

Esse “curto” tempo inicial foi se prorrogando e se transformou em um período indeterminado e incerto. Vieram, então, as aulas on-line e, com elas, os questionamentos e incertezas entre os grupos familiares com os quais convivemos:  será que vai dar certo a educação remota para crianças de 4, 5, 6 anos de idade, acostumadas a uma rotina fixa de ir à escola todos os dias? A partir desse momento, vivenciamos muitas famílias optarem por retirar os filhos da escola. Em nosso núcleo familiar, optamos por manter a educação remota.

No início, não foi fácil, ainda mais porque nunca suspendemos as nossas atividades laborais. Conciliar essa nova realidade requereu muita paciência e dedicação de todos, tanto da família quanto dos professores. Mas, com o tempo, uma nova rotina foi criada e passou a funcionar.

Neste período, nunca deixamos de pensar na escola e, especialmente, neles, os Professores. Professores que despenderam seu tempo fazendo a programação para um ano letivo inteiro, com atividades presenciais, e que, de repente, tiveram que se reinventar e se adaptar à nova realidade. Foram obrigados a refazer todas as aulas, conteúdos das disciplinas, forma de avaliar os alunos e, ainda, aprender a usar novas ferramentas digitais. Tudo isso em um tempo recorde.  Prender a atenção, virtualmente, de uma criança de 4, 5, 6 anos não é fácil, mas eles têm se desdobrado para conseguir! E têm feito um belíssimo trabalho!

Lemos, outro dia, uma charge que, em nossa opinião, reforça a visível importância dos professores, ainda mais em tempos de pandemia: “Afinal, o que faz um professor? Na pior das hipóteses, o professor faz toda a DIFERENÇA”. E foi isso que os professores da Educação Infantil e do 1º ano do Santo Agostinho – Unidade Gutierrez fizeram e estão fazendo: TODA A DIFERENÇA nestes quase oito meses sem aulas presenciais. Os nossos mais sinceros agradecimentos a esses profissionais, que se mostraram mais que essenciais!

Assista ao vídeo: 

Compartilhe