Notícias

16 de outubro de 2023

Show de Talentos - Semana Hispânica: contamos com você!

No dia 24/10, terça-feira, às 19h30, no Teatro do Santo Agostinho (Rua Aimorés, 2679 - Santo Agostinho - Belo Horizonte), estudantes do Colégio Santo Agostinho se reúnem para uma demonstração de grandes talentos e de muita solidariedade. 

Como parte da Semana de la Hispanidad, vamos promover um Show de Talentos, com participação dos alunos, para celebrar, com ainda mais força a arte, a cultura e as tradições regionais da América do Sul! Famílias, estudantes e colaboradores são nosso convidados especiais.

Os ingressos para o show podem ser adquiridos com os professores de Espanhol, Grêmio Estudantil e Núcleo de Pastoralidade. O valor de R$ 20,00 por convite, será doado para o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR) e para a Rede de Apoio a Migrantes Refugiados de Betim.  De acordo com a ACNUR (Agência da ONU para Refugiados), atualmente existem em torno de 60 milhões de pessoas, ao redor do mundo, que deixaram suas localidades de origem, sendo, em sua maioria, crianças e jovens menores de 18 anos; e o Brasil abriga cerca de 60 mil refugiados de 81 nações diferentes. Saiba mais sobre as instituições que serão contempladas:

SJMR - Organizado em 50 países e especializado em migração, deslocamento forçado e refúgio, o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR) tem beneficiado milhares de pessoas com a prestação de serviços gratuitos, intervenções emergenciais, proteção, projetos de educação, integração, apoio psicossocial e pastoral. A instituição atua em favor de um maior acolhimento e hospitalidade da sociedade brasileira aos migrantes e refugiados, promovendo e protegendo sua dignidade e direitos e acompanhando seu processo de inclusão e autonomia.

Rede de Apoio a Migrantes Refugiados - Conta com a atuação do Centro Franciscano de Defesa Dos Direitos (CEFAD), com o apoio das Irmãs Carmelitas Missionárias e do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR). Oferece apoio integral e sustentável às pessoas que são forçadas a deixar seus lares, seja por motivos políticos, economia, desastres naturais, conflitos, perseguições, entre outras adversidades. Busca auxiliá-los na obtenção de documentos legais, visto de residência e de trabalho, acesso a saúde pública, a educação e a segurança alimentar.  Além desse suporte inicial, a Rede de Apoio acompanha os migrantes e refugiados em seu processo de integração nas comunidades, que inclui aulas de Língua Portuguesa, orientação sobre cultura brasileira e apoio na busca por emprego.

Contamos com a participação de todos! 

Abre los ojos y, mires por donde miresdistinguirás a multitud de personas que necesitan tu ayuda.” (Santo Tomás de Villanueva)​ 

Compartilhe